Por que não usar ING depois do TO?

Neste post explico a dúvida deixada por um inscrito do canal, que é a seguinte:

Se se usa o gerúndio depois de uma preposição, porque o correto é “it’s time to run” e não “it’s time to running?

Bom, antes de começar a explicar o motivo de não usar ING após o TO, quero dizer que eu já fiz um vídeo onde explico a forma do gerúndio dos verbos sempre que colocar um verbo após uma preposição, por exemplo:

Thanks for watching.

Nós não traduzimos esse ING, é apenas uma concordância usada no inglês. Por exemplo:

Don’t drink before driving.

Já a palavra TO, além de ser uma preposição, é uma forma indicativa do verbo no infinitivo.
Ao montar uma frase em que o verbo está no infinitivo, normalmente coloca-se o TO no verbo. Nesses casos, o TO não é tratado como preposição, apenas indicação do infinito dos verbos.

Então quando dizemos “it’s time to run” estamos colocando run na forma infinitiva.

Em geral, sempre que for o infinitivo do verbo, use TO. Normalmente isso acontece quando é o segundo verbo da frase, por exemplo:

I have to go.

I want to run 10 miles.

Há também os casos em que o TO é uma preposição, e não o infinitivo dos verbos. Por exemplo:

Look foward to. = Estar ansioso(a) por algo.
I’m looking foward to meeting you again.

, , , , , , , , , ,

No comments yet.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.